Como começar a sua própria marca no digital

Como começar a sua própria marca no digital

Última atualização:
13/12/2022
Pessoa autora:
Julia
Categorias:

Você já pensou em montar o seu próprio negócio ou ter a sua marca? Desde muito cedo, o empreendedorismo faz parte da sociedade e com a chegada do digital, surgiram ainda mais oportunidades para aqueles que não podem investir tanto na hora de começar. Isso porque as redes sociais como o Instagram, por exemplo, ajudaram a facilitar a vida dos pequenos empreendedores que podem, através dessas ferramentas, divulgar tanto o seu trabalho como o seu produto.Esse artigo vai ajudar, de forma fácil e com dicas simples, você que quer iniciar nesse meio, mas ainda não sabe como.

O que você pretende comercializar/divulgar?

É importante saber logo de início o que vai te motivar a começar e impulsionar o seu negócio. Este precisa ser um dos primeiros pontos definidos para que, então, pesquisas mais aprofundadas sejam realizadas.Essas pesquisas serão necessárias para você levar um produto de melhor qualidade ao cliente, assim como atraí-los e também manter uma certa fidelidade entre empreendedor e comprador. Além do que será divulgado como produto ou serviço, analise o que seria uma boa experiência para quem acompanhará o seu trabalho, desde um bom atendimento até, por exemplo, uma boa embalagem.

Qual é o seu público-alvo?

Outro ponto necessário para quem está começando é entender qual é o seu público-alvo e todos os seus aspectos. Esse estudo estará relacionado com as pesquisas do produto/serviço que você pretende comercializar/divulgar no seu negócio.Compreenda que o estudo do seu público será fundamental para melhorar a qualidade do que você produz para os seus clientes e para o desenvolvimento da sua marca, tal como montar toda a identidade visual (logo, cores e fontes), além de também criar conteúdos feitos para atingi-los da melhor forma.

Montando a identidade visual da sua marca

Agora que você pesquisou sobre o seu público-alvo, pode passar para a parte de montar a identidade visual do seu negócio. Caso não saiba, uma identidade visual é composta por elementos visuais que vão compor a sua marca, ou seja, se trata de logo, fontes, cores, ícones, texturas e também o conteúdo que será apresentado.Lembrando que tudo isso é importante para, além de agregar uma boa estética, chamar a atenção do público e dar uma forma única e original à sua marca, combinando com o que você pretende mostrar exatamente.Um ponto a ser pensado primeiramente é um nome que represente bem a sua marca, de preferência que não tenha outros parecidos e que também seja de fácil compreensão. Isso vai ajudar a fazer com que o seu negócio seja facilmente reconhecido.

Como escolher os elementos para a composição visual

Para chegar nesta etapa, é importante considerar os tópicos anteriores já descritos neste artigo. Dessa forma, como já citado, facilitará no momento de decidir toda a composição visual. Após a escolha do nome, podemos passar para o logo. Nele também é necessário desenvolver uma representação simples e explicativa da sua marca, porém sendo eficaz no quesito de associação/compreensão. No logo, você precisará acrescentar a fonte escolhida, assim como as cores. Caso deseje optar por um ícone no lugar do nome, busque escolher um que não fuja do padrão definido.Em relação às cores, procure uma paleta que se encaixe com o que você já tenha pensado e planejado. Caso precise de ajuda, o site Adobe Color disponibiliza algumas já prontas com cores que se complementam.

Criação de conteúdo e divulgação

Atualmente, as redes sociais se tornaram importantes quando trata-se da divulgação de qualquer negócio. Por isso, a criação de conteúdo também é um ponto forte a ser considerado. Escolha em quais redes você pretende atuar e crie postagens frequentes que atraiam e mantenham clientes. Interaja com o público e o deixe sempre por dentro de tudo que está acontecendo no seu negócio, desde novidades até feedbacks. Acredite, esse método é ótimo para você que está começando e para quem quer expandir ainda mais a própria marca.

Conclusão

A criação de uma marca no digital também pode envolver o desenvolvimento de estratégias de marketing. Para você que não tem tanto conhecimento nessa área, porém pretende começar, alguns cursos online podem te ajudar. Aqui na DiTi, já fizemos algumas indicações que você pode conferir em: “5 cursos gratuitos sobre Marketing Digital” e “+4 cursos online e gratuitos sobre Marketing Digital”.Esse artigo te ajudou? Comenta aqui!