Universal Analytics será desativado e substituído pelo Google Analytics 4

Universal Analytics será desativado e substituído pelo Google Analytics 4

Última atualização:
13/12/2022
Pessoa autora:
Equipe DiTi

O Google anunciou, na última quarta-feira (16), que irá desativar o Universal Analytics e o substituirá pelo Google Analytics 4, sua “solução de métricas de última geração”.

A partir de 1º de julho de 2023, o UA deixará de processar novos dados em propriedades padrão. Por isso, recomenda-se a migração para o GA4 assim que possível. De acordo com a empresa,

Isso permitirá que você crie os dados históricos necessários, se familiarize com a nova experiência e se prepare para não ficar sem o serviço quando o Universal Analytics não estiver mais disponível.

Contudo, ainda será possível acessar os dados processados pela plataforma antes dessa data por, pelo menos, 6 meses. No artigo divulgado, a empresa também anunciou que propriedades do Google Analytics 360 terão o prazo estendido até 1º de outubro de 2023.

Além disso, será informado, nos próximos meses, quando as propriedades atuais do Universal Analytics ficarão indisponíveis. Após essa data, não será mais possível acessar relatórios do UA na interface do Google Analytics nem dados do UA via API.

Segundo o Google, se você criou a sua propriedade antes de 14 de outubro de 2020, provavelmente usa o Universal Analytics e deve ser afetado pela mudança. Se criou depois dessa data, já deve estar utilizando o Google Analytics 4 e nenhuma ação será necessária.

Porém, vale verificar o tipo de propriedade que você está usando. Essa informação está disponível no ID da propriedade. Se o seu começar com UA e terminar com um número (por exemplo, UA-XXXXXXXXX-1), é do Universal Analytics. Já se tiver apenas números (por exemplo, XXXXXXXXX), é do Google Analytics 4.

Exemplo de como verificar o tipo de propriedade que você está usando
Exemplo de como verificar o tipo de propriedade que você está usando (Créditos: Google)

Quer conhecer mais o GA4? Leia “Google Analytics 4 (GA4): o que é e principais vantagens”.

Fonte: Google