Dê um up na CARREIRA
DOMINE PRODUCT DESIGN!
Método utilizado por product designers das empresas mais f#das do mundo.
Saiba maisfechar
Google anuncia nova análise no mecanismo de busca. Será o fim do clickbait?

Google anuncia nova análise no mecanismo de busca. Será o fim do clickbait?

Última atualização:
13/12/2022
Pessoa autora:
Equipe DiTi
Categorias:

Na quinta-feira (18), o Google anunciou através do Twitter e do seu blog, uma atualização de classificação das pesquisas. O foco é que as pessoas vejam mais conteúdos originais, com qualidade e relevância. A empresa informa que esse aprimoramento entra em vigência esta semana, aos usuários de inglês, em todo o mundo.

Nomeada como “atualização de conteúdo útil”, o Google visa garantir que as páginas apresentadas na Pesquisa sejam mais úteis, correspondendo melhor as expectativas dos usuários, que muitas das vezes se deparam com informações projetadas para atrair cliques nos mecanismos de busca.

Também foi informado que essa atualização ajuda a certificar que esses conteúdos não originais, e/ou de baixa qualidade, não tenham uma boa posição nas pesquisas. Em testes realizados pelo Google, foi descoberto que isso terá efeito a princípio nas buscas por educação online, artes, entretenimento e compras de conteúdos relacionados à tecnologia.

As análises de produto ao longo das próximas semanas, também serão impactadas, a empresa diz que desta forma, será ainda mais fácil encontrar avaliações originais de alta qualidade, assegurando que haja mais informações úteis ao pesquisar uma compra na web.

Para os criadores de conteúdos as orientações estão disponíveis na Central de Pesquisa com conselhos e diretrizes para uma boa produção de conteúdo, que deve ser aliado com as melhores práticas de SEO, agregando valor adicional para as pesquisas.

“Nosso conselho sobre ter uma abordagem que prioriza as pessoas não invalida as práticas recomendadas de SEO, como as abordadas no próprio guia de SEO do Google. O SEO é uma atividade útil quando aplicado ao conteúdo que prioriza as pessoas. No entanto, o conteúdo criado principalmente para o tráfego do mecanismo de pesquisa está fortemente correlacionado com o conteúdo que os pesquisadores consideram insatisfatório.”  (tradução livre)

Na prática, a empresa informa que a funcionalidade será implementada por completo nas próximas duas semanas. Esse processo é automatizado e irá identificar o conteúdo que apresentar pouco valor, baixo valor agregado ou que não é útil para quem está pesquisando.

Uma outra orientação do Google, é que, para ter o melhor sucesso nas pesquisas, deve ser  removido os conteúdos considerados inúteis do site, e seguir todas as diretrizes para Webmasters.

Vale ressaltar que essa atualização estará disponível apenas aos usuários de inglês, mas a empresa informa que futuramente deve ser expandido para outros idiomas.

Para saber mais sobre SEO, confira o vídeo "Novidades no mercado de SEO"

Fonte: Google