Entendendo o Google Analytics e as suas principais métricas

Entendendo o Google Analytics e as suas principais métricas

Última atualização:
13/12/2022
Pessoa autora:
Diego
Categorias:

Atualmente, o Google Analytics é uma das principais ferramentas para análise de comportamentos web, seja em um blog, um e-commerce ou um site institucional. Com o GA, é possível realizar diversas análises de performance digital, obtidas através de dados que mostram o comportamento dos usuários dentro do seu site. Dessa forma, podemos ter os melhores insights e traçar a melhor estratégia possível de acordo com o objetivo.

Mas qual é a importância do Google Analytics?

O estatístico William Edwards Deming citou uma vez que "Não se gerencia o que não se mede". O Google Analytics nos permite medir o resultado e o alcance das estratégias feitas em um site, possibilitando que erros sejam evitados ou repetidos e, principalmente, que possamos detectar os acertos e melhorá-los.

Como o Google Analytics coleta os dados?

O primeiro passo é implementar o GA no site. Isso é feito através de um código via Javascript que é implementado a cada página que desejamos analisar. O próprio Google Analytics disponibiliza a implementação e só precisamos copiar e colar no código do site.Essa implementação vai, basicamente, captar toda interação do usuário dentro do site. A contagem dessas interações serão chamadas de HITS, ou seja, hit é uma interação que resulta no envio de dados ao Analytics.

O que pode ser considerado uma interação?

Basicamente, tudo que o usuário fizer dentro de um site. Por exemplo, visualizações de páginas, cliques em botões, links e banners. Enfim, tudo que o usuário pode interagir. Esses dados serão transformados em relatórios pelo próprio Google Analytics e é a interpretação desses dados que irá nos permitir analisar a performance do nosso site.

As métricas do Google Analytics

As métricas são as medições quantitativas dos dados. Elas são elementos individuais e podem ser avaliadas como uma soma ou uma proporção. Por exemplo, a métrica “sessão” nos mostra a soma/o total de sessões feitas pelos usuários dentro do site. Já a métrica de “sessões por dispositivo” é capaz de nos mostrar, proporcionalmente, quais dispositivos os usuários mais utilizam para acessar o site, isto é, celular, computador ou tablet.Ao entrarmos na página inicial do Analytics, nos deparamos com um relatório com diversos gráficos que são capazes de nos dar diferentes informações sobre o que está acontecendo na nossa página. Vamos entender melhor o que algumas das principais métricas representam e como podemos interpretá-las da melhor forma possível.

Principais métricas

  • Usuários: mostra o total de usuários que visitaram o site. Lembrando que quando falamos de usuário estamos falando, especificamente, de dispositivos que acessaram o site;
  • Novos usuários: são os usuários novos dentro do site, aqueles dispositivos que estão acessando pela primeira vez;
  • Sessões: as sessões são as visualizações do site que foram feitas através desses dispositivos e o GA coleta uma sessão a cada 30 minutos. Por exemplo, um usuário que entra na página, fica por volta de 30 minutos inativo (ou seja, sem interagir com nada) e depois volta será contabilizado como 2 sessões;
  • Visualizações de página: mostra a quantidade de vezes que a página foi carregada em um browser;
  • Páginas/sessão: corresponde ao número médio de páginas visualizadas durante uma sessão;
  • Duração média da sessão: mostra o tempo médio que os usuários permanecem no site;
  • Taxa de rejeição: mostra a quantidade de usuários que carregaram a página e simplesmente não realizaram nenhuma interação, ou seja, não dispararam nenhum hit.

A análise dessas métricas

As métricas anteriores são muito importantes para analisarmos o alcance e o desempenho da nossa página web. Porém, elas devem ser muito bem interpretadas para não gerar nenhum erro. Por exemplo, se você confundir as "sessões" com "usuários" poderá pensar que o seu site tem mais usuários do que de fato tem.Outra percepção importante são os novos usuários e os usuários que estão retornando ao site. Se o seu site tem um número de novos usuários baixo, significa que ele não está tendo um bom alcance, necessitando assim de novas estratégias de marketing. Porém, se o seu site tem apenas novos usuários, significa que as pessoas que visitaram a página anteriormente não estão voltando e aqui também será necessário traçar uma estratégia, com base na investigação do motivo de não retornarem. Então, os novos usuários e os usuários são métricas que devem estar em um certo equilíbrio, garantindo assim novas visitas e retornos.Com relação às métricas "páginas/sessão", "duração média da sessão" e "taxa de rejeição", devemos levar em conta inúmeros fatores, principalmente o objetivo do seu site. Por exemplo, se os usuários que entram no site encontram rapidamente o que buscam, pode ser que "páginas/sessão" e "duração média da sessão" mostrem uma média baixa. Por este motivo, além do Analytics, devemos ter também a capacidade de interpretação e análise.

Conclusão

A compreensão do significado das métricas do Google Analytics nos ajuda a entender e utilizar a ferramenta de forma mais objetiva e obtendo bons resultados e insights. Existem diversas outras métricas no Google Analytics que podem contribuir com os melhores resultados possíveis.É possível encontrar mais sobre as métricas e seus respectivos significados na documentação oficial do Google Analytics. A leitura desta documentação se torna imprescindível para quem desejar aprender mais sobre o Google Analytics e assim compreender melhor o que acontece dentro do seu site.